Translate

março 28, 2016

Momento Leitura - Fevereiro 2016


Olá perambulantes!
No primeiro Momento Leitura deste ano, contei sobre minha meta não alcançada em 2015 e como me esforçarei para correr atrás do preju durante este ano.
Mas sabem que estou confiante?
Em Fevereiro, foram mais 2!!! Ou seja, faltam só 14 agora!!!



Animais Fantásticos & Onde Habitam
Autora: J.K. Rowling
Editora: Rocco
Ano: 2001
Páginas: 64

Sinopse:
A acromântula é uma aranha monstruosa de oito olhos e dotada de fala humana, foi desenvolvida pelos bruxos para guardar suas casas ou tesouros... O basilisco, também chamado de rei das cobras, é verde-vivo e pode alcançar até quinze metros de comprimento. Sua criação foi declarada ilegal, desde a época medieval. O dragão é o animal mais mágico do mundo; seu couro, sangue, coração, fígado e chifre têm grandes propriedades ilusionistas.

Estas breves descrições são apenas uma amostra do que o leitor pode encontrar em Animais Fantásticos & Onde Habitam, de J. K. Rowling, escrito sob o pseudônimo de Newt Scamander, e com prefácio do sábio Alvo Dumbledore. Ao livro, adotado pelos professores da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts e considerado uma obra-prima, atribui-se a responsabilidade pelo bons resultados dos alunos nos exames de Trato das Criaturas Mágicas. E a obra não é recomendada só para estudantes. "Nenhuma casa bruxa está completa se não possuir um exemplar." Trata-se de um guia com mais de 80 espécies de animais e seus respectivos hábitos, costumes e origem.

Este exemplar lançado no mundo dos trouxas (não-bruxos) é uma duplicata do Animais Fantásticos & Onde Habitam de Harry Potter, editado, inclusive, com notas informativas que ele e seus amigos fizeram à margem das páginas. Segundo Scamander, Animais... já está em sua 52ª edição e esclarece, entre outras dúvidas, o significado de animal para a comunidade mágica; fornece sua classificação; a percepção dos trouxas sobre esses seres; ensina como e por que mantê-los ocultos em habitats seguros, desobediência esta que incorre em multa; e faz um histórico das normas impostas pelo Departamento para Regulamentação e Controle das Criaturas Mágicas do Ministério da Magia, ao longo dos séculos, para preservar as feras fantásticas e assegurar aos bruxos o prazer de apreciar seus poderes e beleza.

A escritora escocesa J. K. Rowling cedeu todos os direitos de publicação desta obra para a Comic Relief, uma organização humanitária criada por comediantes britânicos para ajudar crianças carentes. Eles usam o riso para combater a pobreza, a injustiça e a calamidade.

Por exigência da autora, os nomes dos animais foram mantidos na Língua Inglesa, com a tradução entre parênteses.


Opinião Bruxal:
Me senti na sala de aula, ocupando o lugar da Hermione e vendo Harry e Roni rabiscando alguns tópicos do livro com gracinhas que me fizeram aparatar em cenas dos filmes.
O livro, definindo a importância da Magizoologia, aborda o trabalho do Departamento para Regulamentação e Controle de Criaturas Mágicas, esclarece o que é um animal, explica a percepção que os trouxas têm desses animais que vivem ocultos e a necessidade de algumas vezes recorrer a Feitiço Desilusório, Feitiço da Memória  e até, em casos de colisão magia-trouxa, solicitar a intervenção da Seção de Desinformação.
O Depto pra Regulamentação e Controle das Criaturas Mágicas, classifica todos os animais, seres e espíritos conhecidos, oferecendo o seguinte guia para periculosidade:
Alguns animais que me chamaram a atenção e foram citados ou vistos nos filmes:
- Basilisk (Basilisco) Classificação XXXXX;
- Dragon (Dragão) Classificação XXXXX;
- Fairy (Fada) Classificação XX – De todos os animais mágicos, as fadas recebem a melhor cobertura da imprensa trouxa, embora tanto sentimentalismo dê náuseas;
- Gnome (Gnomo) Classificação XX – É uma praga comum em jardins rsrs;
- Hippogriff (Hipogrifo) Classificação XXX;
- Niffler (Pelúcio) Classificação XXX;
- Phoenix (Fênix) Classificação XXXX – não por ser perigosa, mas porque pouquíssimos bruxos conseguiram domesticá-la (Dumbledore é um deles!);
- Snidget (Pomorim) Classificação XXXX – também recebe essa classificação não por ser perigoso, mas porque quem os captura ou fere recebe penalidades severas. Quase foi extinto, pois por suas características, era usado nos jogos de Quadribol (posteriormente, substituído pelo pomo, de onde vem o nome). Existem santuários de pomorins no mundo inteiro.

Leitura leve, rápida e divertida.
Recomendo para os que se divertiram com Harry Potter.


          



Quadribol Através dos Séculos
Autora: J.K. Rowling
Editora: Rocco
Ano: 2001
Páginas: 64

Sinopse:
Se você algum dia quis saber como surgiu o pomo de ouro ou por que o time dos 'Vagamundos de Wigtown' (Wigtown Wanderers) tem a estampa de um cutelo de açougueiro no uniforme, você precisa ler 'Quadribol Através dos Séculos' (Quidditch throught the ages). Esta edição limitada é uma cópia do exemplar guardado na Biblioteca Escolar de Hogwarts e consultado por jovens fãs do quadribol quase diariamente.

A renda obtida na venda deste livro reverterá para o Comic Relief, que destinará o dinheiro ao seu trabalho de salvar vidas - um trabalho mais importante e mais surpreendente do que a segunda captura do pomo de ouro, em três segundos e meio, por 'Rodrigo Plumpton' (Roderick Plumpton), em 1921.

Alvo Dumbledore.


Opinião Bruxal:
Segundo Madame Pince, este livro é manuseado, babado e, de um modo geral, maltratado diariamente – “o que é um enorme elogio para qualquer livro”, palavras de Dumbledore.
Inclusive, foi com grande dificuldade que Dumbledore conseguiu pegar o livro para copiá-lo, tornando acessível a um número maior de leitores, incluindo trouxas. Ao saber dessa intenção, Mandame Pince não só perdeu temporariamente a fala como também não se mexeu ou piscou durante vários minutos e quando voltou a si, teve a consideração de perguntar se Dumbledore perdera o juízo.
O livro explica:
- A evolução da vassoura voadora;

- Os jogos antigos com vassouras;

- O jogo do brejo de Queerditch;

- A chegada do pomo de ouro;

- Precauções antitrouxas tomadas  pelo Conselho dos Bruxos: Uma delas, publicada em 1419, famosa por seu texto, determinava que o quadribol não deveria ser jogado “próximo a lugar algum em que haja a mínima possibilidade de ser assistido por um trouxa ou veremos com que perícia o infrator jogará acorrentado à parede de uma masmorra”;

- Mudanças a partir do século XIV (Campo, Bolas, Jogadores, Regras e Juízes);

- Times da Grã-Bretanha e da Irlanda: Alguns me fizeram rir muito, como o Holyhead Harpies (Harpias de Holyhead), um time galês muito antigo fundado em 1203, formado só por bruxas. A derrota que infligiram ao Gaviões de Heidelberg em 1953 é considerada, pela maioria dos entendidos, uma das melhores partidas de quadribol a que já se assistiu. Com a duração de 7 dias, o jogo foi encerrado com a espetacular captura do pomo pela apanhadora do Harpias. O capitão do Gaviões, num gesto que se tornou famoso, desmontou da vassoura no final da partida e pediu em casamento a capitã do time adversário, que o surrou com a sua Cleansweep Five (vassoura) rsrsrs;

- A disseminação do quadribol pelo mundo:
Europa – por um poema de Ingolfre, o Iâmbico, no início da década de 1400, sabemos que a Noruega foi uma das primeiras a se converter ao quadribol:
“Ah, a emoção da caça quando corto os ares,
o pomo à vista, o vento nos cabelos,
Eu quase a alcançá-lo, a plateia grita,
Mas surge um balaço e me atira no chão".
Austrália e Nova Zelândia – Austrália com 2 times que dominam a Liga Australiana durante quase um século. A inimizade entre o Thundelarra Thunderers  (Trovões de Thundelarra) e o Woollongong Warrior (Guerreiros de Woollongong) é lendária na comunidade mágica australiana de tal modo que uma resposta popular a alguém que se gaba de ser capaz de fazer uma coisa improvável ou diz uma coisa igualmente improvável é: “Tá, e eu vou me oferecer para apitar a próxima partida do Trovões contra os Guerreiros.”.
America do Norte;
América do Sul – onde a nação mais talentosa é o Peru;
Ásia – No Oriente, o quadribol jamais atingiu grande popularidade, pois as vassouras são raridades em países onde o modo de viajar preferencial ainda é o tapete.;

- A invenção da vassoura de corrida: Passando da criação da Oakshaft 79 (pelo vassoureiro Elias Grimstone em 1879, sempre lembrada como a vassoura em que Jocunda Sykes fez a primeira travessia do Atlântico em 1935. Até então, os bruxos preferiam viajar de navios, em vez de confiar em vassouras para vencer longas distâncias. A aparatação torna-se tanto menos confiável quanto maior for a distância e é uma imprudência, exceto para bruxos de grande perícia, tentar usá-la para cruzar continentes.), pela Moontrimmer, Silver Arrow, Cleansweep One, Comet 140, Tinderblast, Swiftstick, Shooting Star, Nimbus 1000 e terminando na Twigger 90 (que acabou ganhando má reputação de ser voada por bruxos que possuíam mais galeões do que bom senso);

- O quadribol hoje: Encerra o livro, descrevendo alguns movimentos complicados, que foram inventados durante a longa história do esporte.

Como o anterior, leitura rápida, leve e divertida.
Recomendo para os que curtem Harry Potter, como eu.

Desafio Literário 2016:
Tomei conhecimento deste desafio através do blog da Alê, que o encontrou no Instagram.
Como eu não participo desta rede social, aderi através do blog, acompanhando a Alê e tentando encaixar os títulos que lerei este ano.
Como são 2, vou encaixá-los em 2 ítens:
19. UM LIVRO EMPRESTADO e 23. UM LIVRO PEQUENO.
Ambos foram emprestados e são pequenos, tanto no tamanho quanto no número de páginas.


          



24 comentários:

Prata da casa disse...

Isto é o que se chama ser fã de J.K. Rowling. Ainda não li nada dela a não ser a saga completa de Harry Potter, of course. Estes livros de que falas parecem bem engraçados.
O meu desafio de leitura para este ano vai de vento em popa, até vou com dois livros de avanço.
Bjn
Márcia

Tiane disse...

Guria!!! Amei! Onde tu encontras estes livros, estes títulos? Sabe, que quinta-feira, concentradíssima na minha missão de terminar o meu projeto do mês para postar na sexta-feira (quá, quá, quá, quá, quá), depois do almoço, antes de desligar a TV, Leonardo deu uma zapeada e estava dando Harry Potter e a Pedra Filosofal, bem no comecinho. Eu já estava com as mãos na massa e disse pra ele que não queria assistir, pois queria me concentrar no projeto. Mas,como ele sabe que eu adoro Harry Potter, deixou a TV ligada fingindo estar assistindo. Na verdade, ele capotou e até roncou! Daqui a pouco, ele acorda, levanta e fico eu, trabalhando no meu projeto com a TV ligada no Harry Potter, em plena tarde de um dia de semana. Assisti tudinho e adorei, mesmo trabalhando no projeto, consegui entender umas coisas que não tinha percebido quando assisti com meus sobrinhos, anos atrás. Muito legal! Neste primeiro, tem o cachorro com três cabeças, que fica calmo com música.
Adorei este livro! Vai para a minha lista de futuras leituras!
Para chegar na minha lista de futuras leituras, preciso terminar as leituras encalhadas. ai, ai...
Me interessei por este projeto da leitura, mas acho, que não dou conta do recado. São tantos desafios para vencer este ano, e tu tens me ajudado bastante nisso! Um desafio, que não teve o teu dedo bruxal metido, diretamente, mas indiretamente sim, eu comecei a vencer hoje. Muito obrigada!
Ah, e obrigada por avisar sobre a data do projeto! Eu procurei em todas as postagens, mas acho, que estava muito atucanada e devo ter passado por cima
da informação. Desculpa e boa semana pra ti! Até quinta! Bjinhos para todos os seres da caverna!

Alessandra Santos disse...

Olá!
Boa tarde Bruxinha Linda!
Como foi de Páscoa?

Adorei os livros, não conhecia! E fiquei super interessada!
E me fez lembrar do filme que vi mês passado, falando da trajetória da autora até chegar no livro Harry Potter!
Vc já viu? O nome é Magia além das Palavras, eu adorei...

Já atualizei o meu post, levando o seu link!
Obrigada por participar!
Linda semana amiga!
Um super bjo!

Alê - Bordados e Crochê
Facebook
Twitter
Instagram

emanuel moura disse...

Querida amiga ,desejo-lhe uma semana muito feliz ,muitos beijinhos no coração.

Zilani Célia disse...

OI BRUXINHA!
VAIS ATINGIR TUA META DE LEITURA PARA ESTE ANO, BASTA VERMOS TUA EMPOLGAÇÃO NOS DOIS QUE JÁ LESTE.
ABRÇS

http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Christiane Garcia disse...

Nossa vc é fã mesmo do Harry Potter. É um mundo riquíssimo.
Te desejo uma ótima semana. ♡♡

Denise disse...

Bom dia, amiga!
Ler é sempre muito bom! Você está aplicadíssima para conseguir sua meta! Parabéns!
Obrigada pela visita e uma ótima semana!
Bjs.
http://dedeartes-denise.blogspot.com

Felisberto N. Junior disse...

Olá,Márcia...é tão bacana ver alguém que está determinada em atingir a meta estipulada, pois eu preciso dar um retoque nessa parte, transformá- la - a meta - realmente ao meu alcance, e não em algo que sempre recua à minha frente...ao contrário, você está sempre avançando e isso é muito bom, ainda mais com leitura ...conheço a escritora J. K. Rowling e suas obras -principalmente depois daquele trote midíático nas redes sociais , onde informaram, entre aspas, a sua morte, claro que depois foi desmentido - li sua análise bruxal e a sinopse, mas, confesso que não sou muito fã e - incrível- nem conheço muito bem o universo de Harry Potter, será que faço parte do mundo dos trouxas? Mas, valeu muito a sua indicação e aposto que a maioria vai gostar de conhecer esses dois livros...Obrigado pelo carinho, feliz semana, belos dias,beijos!

Bell disse...

E eu atrasada nas leituras rs...

bjokas=)

Maria Teresa Valente disse...

Olá, Márcia!
Determinada você é, com certeza, irá cumprir sua meta de leitura.
Engraçado, assisti o filme, fiz a coleção de xadrez completa, por sinal, maravilhosa, mas não li nada do "Harry Potter".
Li muitos livros do Carlos Castaneda, da minha época e, "A Travessia das Feiticeiras" de Taisha Abelar.
Acho fascinante esse tema, mas me encaixo mais no mundo dos trouxas, disso nada entendo!
Agradeço, tenha uma semana muito feliz!
Abraços carinhosos
Maria Teresa

Maria de Fátima disse...

Adorei as indicações. Meu filho está no quinto livro de Harry Potter e assisti os filmes milhares de vezes, não se cansa nunca. Acredite, ele tem 21 anos. Bjs e ótima semana.

Nina Dias disse...

Bruxa, estou torcendo pra você alcançar seu objetivo literário! bjs Nina

Gracita disse...

Oi Márcia
Pela tua empolgação ao falar das dos livros fica evidente que vai atingir a sua meta de leitura amiga
Uma semana linda para você
Beijos

Ana Citadin Johann disse...

Que legal essa aventura literária. Amo o jeito que você tem pra contar essas aventuras... hahahaa

Belo projeto... ano que vem quero fazer isso com meus livros... nesse ano meu foco é terminar alguns que já tenho em mãos e o estudo da Bíblia (sim, ela me fascina).

Beijokas mil, amadíssima :D

Pensamentos Com Asas disse...

Adorei... Pois também preciso criar metas na leitura que ando muito por fora, rs. Gostei do livro e peguei nome para ver se encontro aqui.
Quero te agradecer pelas visitas constantes no meu blog mesmo eu estando um pouco longe do blog esses dias.

Beijos e tenha um lindo dia. *_*

CRISTINA disse...

Gracias por pasar por mi espacio, los libro de Harry Potter la verdad no leí ninguno, pero todas sus películas son una pasada.
Saludos!

Crocheteando...momentos! disse...

Márcia não conheço nenhum deles mas parecem interessantes!
Eu por aqui vou lendo os livros que tenho nas prateleiras!
Tenho lido pouco e sinto falta da leitura...bj

Elisabete disse...

Vai atingir a sua meta sem dúvida.
Excelentes apreciações críticas!
Bjs

Avelã disse...

Ainda que não seja a fã desses livros em particular, achei interessantes! E adorei a parte dos gnomos :P Vais sem dúvida atingir o objetivo :)

Denise disse...

Bom dia, amigaa!
Obrigada pelo carinho!
Uma ótima semana para você!
Bjs.
http://dedeartes-denise.blogspot.com

Crocheteando...momentos! disse...

Também gosto de rabiscar nos livros...bj

Bloglolitamakeup disse...

Amei o seu blog, muito fofo.
bjos

Vacieni Araujo disse...

Aah amei! Agora quero os livros.

Bjokas da Vaci :*

http://papodeesmaltebyvacieni.blogspot.com.br

Ana Freire disse...

Não conheço os livros, em questão... mas me parecem de leitura bem empolgante!...
Fico torcendo para que consiga cumprir suas metas de leitura... as minhas... por agora ficaram mesmo na prateleira... junto com os livros... :-D talvez lá mais para o Verão, consiga por as leituras em dia...
Um beijo imenso!
Ana