Translate

maio 05, 2014

Fogão à lenha

Olá perambulantes!

Estava eu aqui querendo postar algo no marcador Catacumbas, que não recebe postagens há um tempinho.
Geralmente, as postagens por aqui acontecem espontaneamente conforme vão surgindo os assuntos, mas a de hoje foi diferente.
Por querer algo no tema e não ter inspiração, foi interessante quando o assunto surgiu assim, do nada, conversando com minha mamãe querida hoje, na hora do almoço.

Fonte
É impossível falar de fogão à lenha sem lembrar da minha avó.
Ela tinha um no quintal e também um daqueles mais moderninhos na cozinha - que muitos conhecem e ainda possuem.
Lembro de um bolo de fubá (ela chamava de "a bola da Márcia") delicioso feito nesse fogão, que ficava com a casquinha dura por fora e até um pouquinho queimado de brasa, mas por dentro macio e "encorpado".
Lembro dela dizendo: "Márcia, não come o queimado que faz mal.", mas eu adorava... 
É impossível lembrar dela sem as lágrimas aparecerem...
Que saudade da minha vó!!!

Coincidentemente, ao procurar um texto na net sobre fogão à lenha, encontrei uma homenagem às mães.
Perfeito, já que me lembra a vó, já que o assunto surgiu com a mãe e o dia delas é domingo agora.


"Mamãe
Fonte

Mamãe era mais que uma mulher.
Era duas, três mulheres...
Era todas as mulheres do mundo.
Mamãe capinava, roçava, plantava...
Ainda lhe sobrava tempo para amar.
Amava seus filhos ternamente.
Nos beliscava, nos mordia, nos acariciava.
Mas era tudo amor.
Amor puro de mãe pura.
Na madrugada,
O fogão à lenha clareava toda a casa.
Mamãe soprava, soprava e a água fervia.
O silêncio informava que Papai já estava em pé.
O ar puro confidenciava que o café puro já estava pronto.
Fonte
Café puro. Feito por mãos puras e ternas.
Hoje, Mamãe não capina, não roça, não planta mais.
Mas continua amando...
Tenho saudades de seus beliscões.
De suas mordidas...
De suas carícias...
Daquelas manhãs de silêncio...
Hoje, o ar não é mais puro.
O café não é puro e nem cheira tanto.
E o silêncio não permite que eu ouça Papai...
Apenas Mamãe continua pura.
Pura como o sorriso puro de uma criança pura.
E a saudade sempre aparece...
Quando ouço o pio triste,
De um sabiá no meu pensamento."

Marco Antonio do Nascimento


Dessa vez, essa visita às Catacumbas fizeram meus olhos lacrimejarem. Não pela poeira ou mofo, mas por saudade.
Mamães, Vovós, Bisas, Tatas... aceitem meu abração mega hiper ultra esmagador pelo seu dia, por todos os seus dias.
E pra quem, como eu, não têm filhos humanos, mas peludos, sintam-se esmagadas também, afinal:
Mãe de Cachorro também é Mãe.
Fonte


É novo nas perambulações por aqui? Então use esse mapa e aprenda como voar nesta caverna.
Poções de Arte também tem lojinha - toda semana um novo produto.


31 comentários:

✿ chica disse...

Quantas lembranças lindas e emocionante esse texto!Adorei! um beijo,tudo de bom,chica

Ana Bailune disse...

Bom dia! Que linda postagem!
Sempre quis ter um fogão a lenha, mas aqui não tem espaço. Minha bisavó Noêmia tinha um, e ainda me lembro do cheiro da comida dela, mesmo sendo tão pequena naquela época...
E é verdade: mãe de cachorro também é mãe!

Ana Ferreira disse...

Salut querida Bruxa..adorei a postagem..a minha avó tem um fogão de lenha..daqueles bem antigos onde ainda coze o pão..
Beijos da Bruxinha

Crocheteando...momentos! disse...

Não duvide...a saudade bate...quando essas mulheres maravilhosas...passam pela nossa vida...deixando deliciosas recordações!
Abraço abrasador!

Samuel Balbinot disse...

Bom dia bruxinha querida.. que falta que faz um fogão a lenha ainda mais aqui na serra gaucha.. quando bate quelas geadas é dureza.. sem falar nas polentas brostoadas em cima dele.. o pai tirou faz tempo.. tenho amigos que fazem de barro.. um calor do cão srs bjs e até sempre

Bárbara Marques disse...

Fornos a lenha também me fazem lembras as minhas avós! As duas :)
Fica tudo tão bom no forno a lenha!

http://mykindofjoy.blogspot.pt/

Bell disse...

Linda participação.
O bom e velho fogão a lenha, a comidinha fica uma deliciaaaaaaa.


bjokas =)

Alessandra Santos disse...

Olá!
Esse vai ser o primeiro ano sem minha vó...
sei como se sente...
mas o importante são as lembranças boas q. carregamos no coração né?
Lindo post!
Parabéns pelo seu dia!!!!
No momento sou só mamãe de Um filhotinho lindo de 2 aninhos, os meus peludinhos estão tdos no Céu fazendo suas artes, rsrsrsrs....
Lindo dia!
Um super bjo!

Alê- Bordados e Crochê
Fã Page

sisi sartor sisitricot disse...

Que lindo sinto muito a falta de minha bisa portuguesa. Sempre que me sinto triste penso na força e coragem que ela teve ao atravessar um oceano deixando tudo para traz e desbravar um futuro melhor para seus filhos. Beijos

Casa Gabi disse...

olá bruxinha querida, compartilho a sua frase também, impossível lembrar de um fogão a lenha e não lembrar da minha avó, sabe o que mais tenho saudade? Dos dias de friozinho em que ficávamos ao redor dele, ela fazendo cucas, pão e rosquinha de polvilho a dessas rosquinhas como tenho saudade,e eu sentada ansiosa para que tudo ficasse pronto e eu pudesse comer kkk, eu sempre digo o que é ruin nunca acaba e o que é bom passa logo.... beijusssssss

FLAVIA SEABRA & LENINHA SEABRA disse...

Oi Bruxa!
Fiquei super emocionada com o texto!
Minha mãe conta tudo isto,na época
em que vivia com as avós,lembranças
inesquecíveis e eternas.Tempo bom
que não volta mais.Uma semana super
abençoada,fique com Deus.
Grande beijo

Laine artes disse...

Oi Bruxa que lindo post, cheio de lembranças, bj e boa semana.

Nélia Botelho disse...

Amiga Bruxa...
O seu bolinho está tão bem descrito que se sente o doce cheirinho no ar...
Esses fogões de lenha são mágicos e recordei um que conheci, quando era muito pequenina, em casa da minha avó...uma boa recordação.
Bonita postagem
Abraço
Nélia

Ailime disse...

Olá amiga, um texto bem emocionante em que as memórias estão bem vivas no seu coração! Bjs Aline

Roberta Mendes disse...

Oi amiga, adoro teu blog, seu blog continua lindo, venho desejar um FELIZ DIA DAS MÃES,cheio de amor,e já estou te seguindo,beijokas


_________Feliz Di____________Feliz Dia
______Feliz Dia das _______Feliz Dia das MÃ
____Feliz Dia das MÃES ___Feliz Dia das MÃES
___Feliz Dia das MÃES Feliz Dia das_______Feli
__Feliz Dia das MÃES Feliz Dia das_________Feli
_Feliz Dia das MÃES Feliz Dia das MÃE_______Feli
_Feliz Dia das MÃES Feliz Dia das MÃES Fe______F
Feliz Dia das MÃES Feliz Dia das MÃES Feliz __Fel
Feliz Dia das MÃES Feliz Dia das MÃES Feliz Dia_F
Feliz Dia das MÃES Feliz Dia das MÃES Feliz Dia d
Feliz Dia das MÃES Feliz Dia das MÃES Feliz Dia d
_Feliz Dia das MÃES Feliz Dia das MÃES Feliz Dia
__Feliz Dia das MÃES Feliz Dia das MÃES Feliz D
____Feliz Dia das MÃES Feliz Dia das MÃES Feli
______Feliz Dia das MÃES Feliz Dia das MÃES
_________Feliz Dia das MÃES Feliz Dia da
____________Feliz Dia das MÃES Feliz
______________Feliz Dia das MÃES F
_________________Feliz Dia das
___________________Feliz Dia
_____________________Feliz
______________________Feli
_______________________Fe

http://www.titacarre.com
http://elo7.com.br/titacarre
http://titacarre.tanlup.com/

Elvira Carvalho disse...

Por aqui dia das mães foi dia 4 de Maio. Fogão a lenha, lembro de um enorme que havia na Seca do Bacalhau e que ocupava toda uma enorme sala, com imensas bocas onde se cozinhava para mais de 100 trabalhadoras. Na Seca havia dois. Um na malta das mulheres e outro na malta dos homens.
As minhas avós não tinham fogão.
Eram muito pobres, faziam uma fogueira no chão térreo e punham em cima a "Trempe" uma panela de ferro com 3 pés.
Na nossa casa, que era um barracão de madeira, meu paí fez num cantinho um bocado de chão de cimento. Nesse canto fez um forno de tijolo e cimento para a minha mãe cozer o pão, (ela não sabia fazer bolos) e depois ao lado colocou dois tijolos paralelos a uma curta distância um do outro, cobriu com cimento e pôs em cima uma pequena grade em ferro, para segurar as panelas que já eram de alumínio. Era o nosso fogão.
Um abraço

Bianca disse...

Que lindo o seu post! Comida de fogão de lenha é tão boa, meu tio tem um na casa dele.
Beijos

lenalima disse...

Bom dia!!!!!
Como não se emocionar com essa bela postagem!
Também sinto sdsss daqueles tempos em volta do fogão de lenha com minha nona e mãe..tudo cheirava a felicidade!

bjss

Paula Lopes disse...

Não tem como não se emocionar! Na minha casa tinha um, mas como era bem antigo, a enchente destruiu. Tenha um dia abençoado, beijos!

Blog Paisagem de Janela
paisagemdejanela.blogspot.com.br

Anne Lieri disse...

Linda demais essa poesia! Me emocionei tb. E quantas recordações gostosas de sua avó! bjs,

CamomilaRosaeAlecrim disse...

Que linda recordação! Estou vendo muitas postagens em amigas sobre o fogão a lenha e todas lindas saudosas! Minha mãe tem em sua cozinha e sempre que vou passear por lá nos encontramos em torno do fogão! Fogão e lugar de sabores, encontros e prosa! Adoro!
Beijos Bruxa!
CamomilaRosa

Christiane Garcia disse...

Bruxa, que post lindo!
Me deu muitas saudades da minha bisa Rita.
Um grande bj para vc.

Josiene Vassallo disse...

Oi Bru, que lindo post e mensagem, fiquei arrepiada e emocionada também, lembrei-me da minha tia irmã da minha mãe que mora na roça, ela tinha um fogão à lenha e também um a gás, mas usava mesmo o à lenha, a gente adorava a comida dela, pois era muito saborosa!
Desejo-lhe um lindo Dia das Mães juntinho da querida mamãe e dos seus filhotinhos :)
Beijinhos e um abraço bem gostoso!
Ene ♥

kris e tati disse...

oi bruxinha, amei o poste...nossa que nostalgia, quando escuto minha mãe falar que eram tempos difíceis, mas felizes, eu daria tudo pra viver essas dificuldades, mas viver naquele tempo...sem celular, sem a modernidade, sem tv colorida...meu gosto é meio incomum, para uma pessoa de 30 anos, sou apaixonada por música antiga, guardo coisas e fotos de época de criança, como diz minha mãe gosto de coisas de gente velha... onde eu moro tem uma mata enorrrrme, que na época da minha mãe era aberta e eles podiam entrar e se deliciavam com o que ela tinha a oferecer, eram poucas casas, uma aqui , outra acolá....hoje tem tantos prédios aqui que não conheço 1/3 das pessoas, a mata foi privatizada e quem entrar, se arrisca a ser preso ou a té ser morto ( mas pensando melhor se já não fosse assim talvez nem mata mas exisse)...meu consolo é olhar pela janela e ver a chuva cair nela...mais um passatempo meu...e hoje como o dia está chuvoso e toda essa nostalgia deu até vontade de fazer isso kkkkkkkk...e já que eu não vivo nesse tempo, estou aqui deixando esse recadinho, compartilhando com vc querida bruxinha, saudades do que não vivi...bjinhos
kris souza

kris e tati disse...

ha fiquei tão nostálgica que esqueci de dizer que minha vó também colhia café na mata e torrava com açúcar e batia num pilão daqueles enormes eu era criança e adorava ver isso, mainha não deixava agente tomar café mas eu adorava o cheiro e vovó ainda me dava escondido...rsrsr
PARABÉNS MAMÃE DE CACHORRO!!!(também estou nessa lista)
tenha um ótimo dia das mães com muitas lambidas.

Maria Carolina disse...

Oi Márcia!
Avó é mesmo tudo de bom!
Ainda tenho minha avozinha comigo e ela faz o papel de mãe para mim já que minha mãezinha já está com Papai do Céu... sei bem como é sentir saudades de um carinho especial!
Quem não ama comida feita em fogão a lenha?! Bom demais!
Um beijinho e feliz dia das mães!

MARILENE disse...

Ficou muito bela sua postagem, onde lembranças e amor afloram para sensibilizar o leitor.
Quando criança, havia um fogão a lenha em casa. Memórias preciosas ele nos deixou. Bjs.

Patricia disse...

vou ser sincera...........aff......fui criada na beira de um ogão a lenha e realmente só consigo amar nos posts...minhnas lembranças não são tão boas nem tão felizes desse tempo então....a fumaça, a sugeira enfim.....tudo me faz quase morrere de tanta alergia...mais ainda assim, vendo por seus olhos , sentindo por seus sentimentos.........estou aqui amando e sentindo o cheiro na memória da fumaça..beijos e bom fim de semana

Zizi Santos disse...

Bruxa
que texto emocionante! o bolo com a crocância devia ser tentador!
eu não tenho lembranças assim, nem de fogão a lenha, nem de vó carinhosa. Não conheci. Mas lembro de uma mãe assando bolos em uma espiriteira. conhece?
também o bolo tinha uma casquinha crocante.
É Marcia, saudades
se tem mãe de cachorro, tb tem vó de cachorro. eu sou uma. Fiquei com meu neto dog, por uns dias aí em S.P.
A viagem foi meio que improviso, até no último momento seria cancelada. Não pude avisar antes, mas deixei recadinho num dos comentários para que nos encontrássemos, você viu,?
Adoraria receber os mimos através de você e dar o abraço esmagador. Mas eu volto, aí aviso com antecedência.
bj
Zizi

Beatriz Paulistana disse...

BOm dia amiga Márcia!!!
Não tive como não vir ler esse post.
Menina, também me emocionei...lindo...muitas lembranças e um carinho, um mimo...um agrado de nossas mães é sempre o melhor presente recebido.
Sou muito feliz por ter meus pais, moram pertinho a cinco casas de distância...minha mãe nos últimos meses tem sido uma pessoa ainda mais especial...me ajudando sempre e cuidando dos meus filhos nos momentos em que vou fazer meu tratamento. Só peço a Deus muita saúde para ela, pois já disse a ela algumas vezes...na minha falta, ficarei muito feliz e em paz sabendo que a Senhora cuidará dos meus filhos tão bem...ou melhor dizendo melhor que eu...pois ela cuida, dá carinho, amor...e principalmente educa, da forma que fez comigo e meu irmão. Gosto disso...me sinto segura e feliz!!!
Tenha uma feliz e abençoada tarde!!!
Bjokas...da Bia!!!

Beatriz Paulistana disse...

Esqueci de contar...na casa de minha avó materna tinha fogão a lenha...amava...depois reformaram a casa e destruiu o fogão...:(
Fiquei tão triste...tinha muitas lembranças ótimas, rsrsrs
Agora meus pais fizeram um fogão a lenha na casa deles, as quitandas, as outras refeições ficam bem mais saborosas...mais confesso que esposo até quis fazer um aqui em casa também...mais por enquanto não animou, nem sei acender...e as panelas não ficam tão fáceis de serem lavadas....rsrsrs
A Bia gosta de facilidade isso sim...kkkkkkk
Bjokas...da Bia!!!